Campinas Decor 2009 restaurou prédio do IAC (Instituto Agronômico de Campinas)

0
298
IAC (Instituto Agronômico de Campinas)

Campinas Decor 2009 restaurou prédio do IAC (Instituto Agronômico de Campinas). Na Edição de 2009, Campinas Decor mostra de arquitetura, decoração e paisagismo, revitalizou o IAC (Instituto Agronômico de Campinas) e o edifício Franz W. Dafert, imponente imóvel de 1943 tombado pelo Patrimônio Histórico.

Juntamente com a organização, profissionais recuperaram e fizeram diversas melhorias nas dependências do instituto pertencente ao governo do Estado. Apenas para a recuperação do prédio Franz W. Dafert, que abriga os cursos de pós-graduação do IAC, foram aplicados R$ 2 milhões, lembrando que todos os investimentos foram divididos entre organizadores, expositores, fornecedores e patrocinadores.

A organização e os expositores da Campinas Decor restauraram a fachada e o portal de entrada e fizeram a reforma completa do edifício, com obras de revisão elétrica, hidráulica, de telhados e calhas, madeiramento de portas e janelas. Pisos e revestimentos foram revitalizados ou substituídos e o mesmo foi feito com vidros e esquadrias. Foi feita ainda a reforma dos sanitários e copa, limpeza das áreas de jardins e plantio de grama.

A realização do evento no IAC está sendo possível devido a uma parceria firmada no dia 25 de setembro de 2008 entre o Grupo Campinas Decor e a diretoria do instituto de pesquisa. O documento prevê ainda o uso das dependências do IAC para a edição 2010, na antiga Casa do Diretor, também tombada pelo Patrimônio Histórico.

O acordo tem como objetivo a cooperação entre o Estado e a iniciativa privada para a recuperação dos dois imóveis, que após a mostra serão utilizados para gerar desenvolvimento científico, tecnológico educacional e cultural. Em troca, o local foi utilizado para a realização da Campinas Decor.

Atualmente, o prédio Franz W. Dafert abriga o curso de Pós-Graduação em Agricultura Tropical e Subtropical do IAC. As obras executadas pela organização e pelos expositores da Campinas Decor foram relevantes para a melhor adequação do imóvel às atividades de pós-graduação, que inclusive estão sendo ampliadas, com a criação do curso de Doutorado.

Após a realização da mostra, o prédio já revitalizado, abrigou laboratórios mais modernos, além de ser usado em projetos para qualificação de pesquisadores, docentes e profissionais especializados. São oferecidos cursos, programas e eventos

Sobre o IAC

O Instituto Agronômico de Campinas foi fundado em 1887, quando era chamado “Imperial Estação Agronômica de Campinas”. Ao longo desses anos, desenvolveu cerca de 800 novas variedades de mais de 70 espécies, nas diversas cadeias produtivas do agronegócio paulista e brasileiro. O trabalho busca sempre o desenvolvimento de variedades, que são subdivisões dentro de cada espécie, mais resistentes a doenças e mais produtivas.

A missão do IAC é gerar e transferir ciência e tecnologia para o negócio agrícola, visando à otimização dos sistemas de produção vegetal e ao desenvolvimento socioeconômico com sustentabilidade ambiental. É difícil limitar a importância do IAC a alguns exemplos de suas criações. O trabalho realizado no Instituto sempre foi direcionado à conquista de produtos com qualidade para atender às necessidades dos produtores, às exigências das indústrias e do consumidor.

As contribuições estão nas diversas culturas: arroz, feijão, algodão, frutas tropicais e temperadas, flores, mandioca, batata, cana de açúcar. Enfim, para todas as plantas que fazem parte de nossa vida, não somente na alimentação, mas também em vestuário e outros segmentos das indústrias.

Comentários

Comente